Dentisteria Estética
   

 

   

DENTISTERIA


O QUE É?

Os compósitos são materiais de restauração dentária muito avançados,
que conseguem reconstruir a anatomia do dente, mantendo a estética e
dando ao dente o seu aspecto natural.
As vantagens deste método são várias:
• Opção mais económica comparado à prótese fixa ou implante.
• Conseguem preservar a maior parte da estrutura dentária
• São dotadas de uma boa estética
• Foram de tal maneira desenvolvidas as estruturas dos compósitos que
fazem destes um material de eleição para qualquer tipo de restauração
de dentes anteriores e posteriores.


PROCEDIMENTO CLÍNICO
Para aplicação do compósito, o procedimento clínico é o seguinte:
• Remoção da cárie ou restauração do dente.
• Colocação de um sistema adesivo
• Colocação do compósito
• Acabamento



BRANQUEAMENTO
• O branqueamento pode danificar os dentes?
Quando o branqueamento é correctamente executado, não danifica a
estrutura dentária nem restaurações que possam já existir.

O que poderá suceder é que as restaurações tenham que ser
substituídas, a cor da restauração vai ficar mais escura que a
estrutura dentária.

• É normal os dentes ficarem mais sensíveis ao frio?
Em alguns casos verifica-se um ligeiro aumento da sensibilidade ao
frio. Essa sensibilidade deverá desaparecer passado pouco tempo. Se
continuar deve-se falar com o médico. Deverá ser feito flúor, durante
15 dias após o branqueamento.

• Aparecem vários produtos publicitários nos media, que supostamente
branqueiam os dentes sem haver a necessidade de ir ao dentista. Será
assim?
De certeza que esses produtos não serão tão eficazes nem tão seguros
como os que o seu dentista normalmente utiliza. O seu dentista como
profissional dedicado e empenhado no seu bem-estar que é, colaborará
consigo no sentido de obter os melhores resultados da maneira mais
segura.



As principais causas de escurecimento são:

-tabaco,
-certos alimentos e bebidas ( como café, chá , coca-cola
-alguns medicamentos) ( tetraciclinas )
-traumatismos dentários
-restaurações antigas ou degradadas,
-causas genéticas
-idade.

Existem actualmente técnicas de branqueamento perfeitamente seguras e
eficazes que podem complementar os resultados de uma boa higiene
dentária e dar resposta às legitimas aspirações daqueles que querem
ter um sorriso mais bonito.


Posso branquear os dentes? a partir de que idade?

Sim, qualquer pessoa pode branquear os dentes, desde que estejam
integros e sem que as restaurações existentes interfiram na cor final
dos dentes após o branqueamento.
O médico dentista deverá realizar um bom diagnóstico do estado
dentário do paciente. É aconselhável que o branqueamento seja feito só
a partir dos 16 anos de idade.

Quais os métodos de branqueamento que existem actualmente?

Os dentífricos branqueadores e a higienização profissional podem
remover algumas manchas superficiais , chamadas extrínsecas, contudo
não removem manchas intrínsecas nem alteram a cor dos dentes.

Existem basicamente dois tipos de técnicas:

1-Branqueamento feito no consultório
2-Branquemento feito em casa (branqueamente caseiro assistido no consultório)


1-Branquemento feito no consultório

Existem vários processos. Em todos eles se utiliza uma solução ou um
gel branqueador que é em seguida activado por uma luz que pode ser luz
halogénea, laser ou LED .
Na nossa clínica usamos o método de branqueamento a Lazer que consiste
num gel branqueador de peróxido de hidrogénio, activado por uma luz
fria especial, de tecnologia LED (Light Emiting Diode)
Todo o processo decorre no consultório. Após higienização para remoção
de placa bacteriana as gengivas são protegidas e coloca-se nos dentes
um gel branqueador. Uma luz é direccionada para os dentes provocado o
branqueamento. O tratamento dura aproximadamente meia hora.

2-Branquemento feito em casa

Apesar de feito em casa necessita da supervisão do dentista.
Os estudos efectuados mostram que não existem diferenças nos
resultados finais entre os dois métodos ( consultório e caseiro ) . O
branqueamento caseiro tem a desvantagem de não ser imediato mas tem a
vantagem de o seu custo poder ser menos da terça parte do
branqueamento no consultório com a vantagem adicional de ser mais
fácil controlar o resultado até onde se pretende levar o
branqueamento.
O dentista começa por se assegurar que os dentes a branquear estão
livres de cáries e cavidades onde o gel poderia penetrar provocando
dano. Se houver cáries é necessário tratá-las previamente.
Seguidamente é efectuada uma higienização para remover a placa
bacteriana . É feito um molde dos dentes para que o laboratório possa
confeccionar moldeiras em plástico transparente.
É fornecido um gel branqueador que será colocado dentro da moldeira
sendo esta depois colocada nos dentes permitindo assim o contacto do
gel com a superfície dentária. A substância activa do gel liberta
oxigénio que penetra no esmalte e neutraliza e remove as manchas
resultando daí o efeito branqueador. A estrutura do dente não sofre
qualquer alteração e nem as restaurações nem as coroas irão branquear.
A moldeira com o gel branqueador é usada segundo um protocolo
definido pelo dentista de acordo com a idade, dos hábitos alimentares,
a sensibilidade dentária e a retracção das gengivas. Geralmente a
moldeira é usada durante a noite por ser mais prático. O gel não é
tóxico e além disso é muito viscoso pelo que não há o risco de ser
engolido.

Quem poderá beneficiar deste processo?

Quase toda a gente. Contudo é importante saber que nem toda a gente
irá branquear da mesma maneira. Depende da intensidade da
descoloração, do tempo de tratamento e da estrutura mineral do dente.
Em alguns casos o tratamento pode ser pouco efectivo enquanto que
noutros casos há resultados espectaculares em poucos dias.

O branqueamento feito em casa é seguro?

Os estudos e a experiência indicam que o branqueamento dentário feito
com de peróxido de carbamida (que é a substância activa do gel
branqueador) sob a supervisão de um dentista é completamente seguro
para os dentes e para as gengivas.

Quanto tempo leva o tratamento?

Os resultados geralmente são visíveis ao fim da primeira semana. Os
resultados máximos ocorrem ao longo dos próximos 14-21 dias. Os
pacientes com manchas de tetraciclinas podem demorar até 6 meses.

Há efeitos secundários?

Algumas pessoas experimentam um aumento da sensibilidade dentária ao
frio durante o tratamento. outros relataram algum desconforto nas
gengivas . Estes sintomas desaparecem sempre ao fim de 1-3 dias após o
fim do tratamento. As restaurações existentes nos dentes anteriores
antes do branqueamento podem ter de ser refeitas. As coroas e as
facetas não branqueiam.

Que cuidados se devem ter durante o tratamento?

É preciso evitar alimentos que tenham corantes, pois podem manchar os
dentes. De facto neste período os dentes são mais sensíveis a manchas
do que antes de iniciado o tratamento.
Portanto é bom evitar café, chá ou refrigerantes e tabaco . As
mulheres têm que ter cuidado para que o baton não entre em contacto
com os dentes.


E os fumadores ?

Quanto aos fumadores, os resultados serão menos intensos e menos
duradouros, pois a nicotina e o alcatrão vão continuando a agir sobre
os dentes.
Durante um branquemento dentário não se deve fumar.

Quanto tempo duram os resultados?

Para a maioria dos casos os resultados são duradouros. Os dentes
ficarão sempre mais brancos do que estavam antes mas alguns pacientes
podem necessitar de re-branqueamentos .